"Oras, se você quiser se divertir, invente suas próprias canções." (Renato Russo)

Sábado, 24 de Janeiro de 2009

Não consigo ver uma razão que faça sentido.

Não encontro resposta pra pergunta que trago comigo.

 

Seria pra se sentirem melhores?

Ou será que menos piores?

 

Alguns dizem que é amor,

pra não causar sofrimento.

Dizem até que por vergonha,

evitar um constrangimento.

 

Já ouvi dizer que por impulso, sem intenção.

Já outros admitem que é só pra tirar onda, diversão.

 

É! Já ouvi algumas explicações,

mas não! Vocês não  me convencem!

Alguém pode me dizer afinal,

porque é que as pessoas mentem?

publicado por Gizele Alves às 13:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | | | favorito

Domingo, 11 de Janeiro de 2009

Um dia descobri que é possivel se sentir muito feliz e muito triste ao mesmo tempo,

mas ainda prefiro me sentir apenas triste ou apenas feliz.

Descobri que depois dos 18 o tempo passa cada vez mais rápido,

mas os dias ruins ainda demoram pra terminar.

Um dia descobri que pode ser muito perigoso emprestar a alguém algo que pra você é muito importante,

mas ainda me falta aprender a dizer "não" algumas vezes.

Descobri que algumas pessoas dizem que mudaram,

mas no fundo são as mesmas de sempre.

Um diz descobri que deixar um vício  é muito difícil. Passei a admirar aqueles que conseguiram,

mas já não julgo aqueles que não são forte o bastante.

Descobri que não basta querer,

tem que querer, tem que lutar, ter paciência e um pouco de sorte também.

Descobri que existe muita diferença entre o que as pessoas dizem que são, entre o que elas acreditam ser e o que elas realmente são,

mas existem muitas formas de se conhecer uma pessoa sem que se diga muita coisa.

Um dia descobri que sacrificar o presente para ser feliz num futuro que nem sabemos se vai existir pode não ser uma boa jogada,

o melhor é ser feliz hoje!

Um dia descobri que sou mais ciumenta do que imaginava,

mas também percebi que sou mais orgulhosa que ciumenta.

Descobri que boca fechada é quase sempre o melhor caminho, descobri que quase sempre não é sempre,

mas vou continuar falando o menos possível sobre mim.

Descobri que meu corpo tem poder sobre minha mente tanto quanto minha mente tem sobre meu corpo,

e o equilíbrio é muito importante.

Um dia descobri que quanto maior seu conhecimento maior é sua responsabilidade,

isso pode ser bom ou pode ser ruim, como quase tudo nesta vida.

Um dia descobri que não sei nada,

mas estou disposta a aprender!

publicado por Gizele Alves às 12:04
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


últ. comentários
Oi Gi, coloquei seu blog nos meus links.gostei mui...
Voltou a escrever gi!!! Que ótimo!!!E tá escrevend...
Oi Gi!Puxa... tá inspirada hein!Passa um pouco des...
Que triste Gi!Puxa... me emocionou mesmo esse text...
Gi,Lindo.. muito lindo...Realmente... não há coisa...
A vida só se compreender mediante a um retorno ao ...
Oi Gi,muito interessante este seu texto.Bom seria ...
Isa, a intenção não era dizer que alguém é mais ou...
oi gizele!teus poemas sao lindos, mas desculpa, as...
Olá Gizele,Obrigado pelas palavras, tbm vi seu blo...
arquivos
links
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro