"Oras, se você quiser se divertir, invente suas próprias canções." (Renato Russo)

Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

Fechei os olhos.

E lá estavam elas

brotaram do fundo da alma.

Eram parte do que eu sentia.

Tentavam fugir de mim. Em vão.

Escorreram pelo rosto

e acabaram absorvidas pela pele.

Eram parte do que eu sentia.

E eu estava dentro delas,

eu era elas,

e nunca antes tão pura!

Outras como as primeiras vieram

e tão logo os lábios

se acostumaram

com o gosto salgado que tinham.

Eram gotas de suor

de um coração cansado.

Vieram pra avisar que

ele não estava bem. E se foram.

Secaram.

tags:
publicado por Gizele Alves às 22:31
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13

16
17
19

24
25
26
27
28

30


últ. comentários
Oi Gi, coloquei seu blog nos meus links.gostei mui...
Voltou a escrever gi!!! Que ótimo!!!E tá escrevend...
Oi Gi!Puxa... tá inspirada hein!Passa um pouco des...
Que triste Gi!Puxa... me emocionou mesmo esse text...
Gi,Lindo.. muito lindo...Realmente... não há coisa...
A vida só se compreender mediante a um retorno ao ...
Oi Gi,muito interessante este seu texto.Bom seria ...
Isa, a intenção não era dizer que alguém é mais ou...
oi gizele!teus poemas sao lindos, mas desculpa, as...
Olá Gizele,Obrigado pelas palavras, tbm vi seu blo...
arquivos
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro