"Oras, se você quiser se divertir, invente suas próprias canções." (Renato Russo)

Sábado, 11 de Abril de 2009

Hoje vi a lua tão formosa

um poema lindo recitar,

um poema sobre coisa tão famosa,

um poema que falava sobre amar.

 

Falava sobre a estrela de luz tão vistosa

que um dia pela lua foi se apaixonar

e sempre esperava pela noite ansiosa

para poder a linda lua contemplar.

 

E mesmo depois de muitos conselhos foi teimosa.

Tomou coragem e foi se declarar,

mas a lua sempre tão orgulhosa

não quis o seu amor aceitar.

 

A estrela antes linda, agora triste e chorosa,

tomou um decisão. Iria de apagar.

Foi quando ouviu o canto de uma voz tão charmosa

ficou encantada e parou para escutar.

 

"A quem pertence esta voz tão doce e melodiosa?"

a estrela começou a questionar.

A voz disse ser das águas companheira honrosa,

e pediu que ela viesse lhe acompanhar.

 

A estrela seguindo o som daquela voz preciosa

achou que pertencia a lua refletida no mar,

na verdade era a sereia esperta e tinhosa

que queria aquela estrela conquistar.

 

A estrela pobrezinha, iludida e esperançosa

num grande impulso resolveu se atirar.

Caiu no mar sem sua força esplendorosa

e agora já não pode mais brilhar.

 

Mas toda noite corre para costa rochosa

de onde ouve a lua seus poemas recitar.

"Ela continua linda e cada vez mais formosa!

E eu continuo estrela, mas estrela-do-mar."

publicado por Gizele Alves às 14:46
link do post | comentar | | | favorito

Domingo, 11 de Janeiro de 2009

Um dia descobri que é possivel se sentir muito feliz e muito triste ao mesmo tempo,

mas ainda prefiro me sentir apenas triste ou apenas feliz.

Descobri que depois dos 18 o tempo passa cada vez mais rápido,

mas os dias ruins ainda demoram pra terminar.

Um dia descobri que pode ser muito perigoso emprestar a alguém algo que pra você é muito importante,

mas ainda me falta aprender a dizer "não" algumas vezes.

Descobri que algumas pessoas dizem que mudaram,

mas no fundo são as mesmas de sempre.

Um diz descobri que deixar um vício  é muito difícil. Passei a admirar aqueles que conseguiram,

mas já não julgo aqueles que não são forte o bastante.

Descobri que não basta querer,

tem que querer, tem que lutar, ter paciência e um pouco de sorte também.

Descobri que existe muita diferença entre o que as pessoas dizem que são, entre o que elas acreditam ser e o que elas realmente são,

mas existem muitas formas de se conhecer uma pessoa sem que se diga muita coisa.

Um dia descobri que sacrificar o presente para ser feliz num futuro que nem sabemos se vai existir pode não ser uma boa jogada,

o melhor é ser feliz hoje!

Um dia descobri que sou mais ciumenta do que imaginava,

mas também percebi que sou mais orgulhosa que ciumenta.

Descobri que boca fechada é quase sempre o melhor caminho, descobri que quase sempre não é sempre,

mas vou continuar falando o menos possível sobre mim.

Descobri que meu corpo tem poder sobre minha mente tanto quanto minha mente tem sobre meu corpo,

e o equilíbrio é muito importante.

Um dia descobri que quanto maior seu conhecimento maior é sua responsabilidade,

isso pode ser bom ou pode ser ruim, como quase tudo nesta vida.

Um dia descobri que não sei nada,

mas estou disposta a aprender!

publicado por Gizele Alves às 12:04
link do post | comentar | | | favorito

Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008

Tentam me convencer

de que nada tem tanta importância assim,

de que talvez toda essa maldade

nem seja tão ruim.

O mundo entra em choque

e os braços continuam cruzados

os olhos fechados.

 

E ninguém vê que todos precisam de atenção,

estão todos pedindo ajuda

e ninguém disposto a estender a mão.

como é mesmo que andam dizendo por ai?

" Lamento, agora é cada um por si. "

 

O tempo anda correndo tão depressa

ou nossas atitudes é que estão lentas demais?

Quando nossos corpos se tornarem poeira

quanto valerá o tempo de uma vida inteira,

se a maior parte dela for atitude inútil e fugaz?

 

tags:
publicado por Gizele Alves às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


últ. comentários
Oi Gi, coloquei seu blog nos meus links.gostei mui...
Voltou a escrever gi!!! Que ótimo!!!E tá escrevend...
Oi Gi!Puxa... tá inspirada hein!Passa um pouco des...
Que triste Gi!Puxa... me emocionou mesmo esse text...
Gi,Lindo.. muito lindo...Realmente... não há coisa...
A vida só se compreender mediante a um retorno ao ...
Oi Gi,muito interessante este seu texto.Bom seria ...
Isa, a intenção não era dizer que alguém é mais ou...
oi gizele!teus poemas sao lindos, mas desculpa, as...
Olá Gizele,Obrigado pelas palavras, tbm vi seu blo...
arquivos
links
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro